quarta-feira, dezembro 31, 2008

2008, um ano Do Katano

Em jeito de despedida de 2008, fazemos aqui uma retrospectiva de um ano de publicação, destacando o que de mais relevante se publicou aqui mês a mês.

Trata-se pois de uma evocação saudosista da forma como este ano foi vivido por uma perspectiva... do katano.



Janeiro
Em Janeiro, o ano assinalou o seu início com um espectáculo magnífico na Gardunha às primeiras horas da manhã. Contudo, o mês acabaria por ser inesquecível, especialmente para o gado e coelhos de Penamacor. O vôo rasante de um nosso valoroso e incansável esquadrão de F-16 semeou o caos e contribuiu para o stress de toda uma geração de coelhos. A FA é que não foi de modas e, só para verem quem é que manda nas coisas, emitiu logo um comunicado.



Fevereiro
O grande tema do mês foi sem dúvida o reviver da evocação da I Guerra Mundial com o artigo dedicado ao Ossário de Verdun, onde estão depositadas as ossadas de cerca de 130.000 soldados franceses e alemães, e o artigo dedicado ao temerário soldado americano que praticamente fez questão de morrer antes que o conflito terminasse.


Depois do padre que encontrou em Portugal uma orgia de tranquilidade e da forma como D.Pedro I encontrou nos advogados a causa de todos os males da Justiça portuguesa, o mês chegava ao fim com o assinalar de uma data importante da História Universal... deste blog.



Março
Neste mês pascal, descobrimos e denunciámos aqui a invasão espanhola do reino dos atoalhados de Valença. Este relato surgiu no contexto de uma visita ao Minho que teve na exploração das ruínas do Convento de S.Francisco do Monte, com as surpresas que nos proporcionou, o seu ponto alto.


Abril
Este mês ficou irremediavelmente marcado pela perda de uma pessoa que foi, num dado momento da minha vida, uma segunda mãe para mim e cuja saudade será uma definitiva constante.

De positivo, destaque para o grande Encontro Taska Force & República do Katano que se repartiu entre a Sobreda e a Carrapichana onde, por sugestão do Vidal, garantimos em Abril o subsídio de Natal de todos os funcionários do restaurante.

Quanto ao blog, foi implementado o novo sistema de comentários da Haloscan que em Setembro viria a registar o recorde de 310 comentários.


Maio
Em Maio fazia-se luz sobre o mistério de uma carta que acompanhava vários fósseis e instrumentos pré-históricos descobertos no sótão de um solar nos Pirinéus.

Entretanto e aproveitando o bom tempo que o início do mês nos trouxe, demos conta de uma caminhada de cerca de 2okm pelos encantos do maciço central da Serra da Gardunha, que terminou já pela noite.

Num mês em que sem qualquer pudor aqui expusemos as contradições das cerimónias de casamento e o Xamane decidiu mostrar que tem jeito para a fotografia, um dos temas em destaque foi a originalidade demonstrada por alguns automobilistas da Guarda e da Covilhã para estacionar os seus veículos nos sítios mais... inesperados (há quem diga que o autor de um dos originais estacionamentos é um certo e determinado ex-patrão de um certo e determinado membro deste blog).



Junho
O conteúdo para a exposição "Memórias do Vale" começava a tomar forma, partindo dos fornos comunitários e de uma descoberta arqueológica.

Entretanto, e enquanto a Nelly mostrava os seus profundos dotes de oratória em 7 magníficos segundos, chegávamos ao grande tema do mês: os OVNIS da Gardunha e o fabuloso e movimentado Cosmódromo que se esconde sob a rocha do Miau e que mereceram honras de dcoumentário na RTP 2.

A finalizar o mês, dava-se um facto histórico: o Blog do Katano era inscrito no Super Blog Awards.


(continua)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...