quinta-feira, dezembro 11, 2008

Fotógrafos do Katano, uma profissão de risco


Ao fazer alguma "escavação" nos vastos e profundos arquivos fotográficos da Junta Directiva do Blog do Katano é frequente encontrar verdadeiros tesouros de memória. Tratam-se de relíquias que nos transportam, embalados em nostalgia, para outros tempos onde "Magalhães" ainda era tão somente a referência a um emigrante descontente que fez carreira em Espanha e o Sr Eng Sócrates era ainda um engenheiro civil emergente.

A minha última descoberta é bem representativa de como os fotógrafos ao serviço deste blog trabalham por vezes sob duras condições e até mesmo em risco da própria vida, fazendo de qualquer free-lancer ao serviço da National Geographic um verdadeiro amador traquina.

Neste instantâneo, obtido talvez há cerca de 20, 10 ou 5 anos atrás, é possível ver uma fotógrafa do Katano (cujo anonimato vai ser obviamente mantido mediante o pagamento regular de café) operando em circunstâncias verdadeiramente periclitantes perante um estoiro de animais selvagens e endiabrados. Um verdadeiro hino à memória e ao brio profissional!

PS - Em fundo é possível ver um verdadeiro ícone: o Caetanomobile original! Uma verdadeira jóia da motorização do pós-guerra que marcou toda uma geração. 

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...